Bom Despacho registra primeiro caso positivo de Varíola do Macaco na região

Desde semana passada, a Secretaria de Saúde de Bom Despacho acompanha um paciente com suspeita da Monkeypox – Varíola do Macaco. Hoje, 3, os resultados dos exames chegaram e comprovaram a infecção desse paciente.

Trata-se de um homem de 42 anos. A situação dele é estável. Ele passa bem e está em casa, isolado, desde o dia em que passou a ser suspeito de estar com a doença. O paciente está sendo monitorado pelas equipes da Secretaria de Saúde.

“Bom Despacho está organizada para atender os casos suspeitos e confirmados da doença. Atentem-se para os sinais de febre, dor de cabeça, dor no corpo, fraqueza, feridas na pele, inclusive nos órgãos genitais”, destacou a Secretária de Saúde, Tamara Bicalho.

𝗦𝗮𝗶𝗯𝗮 𝗺𝗮𝗶𝘀 – a Varíola de Macaco é uma doença com baixa taxa de mortalidade. Complicações costumam acontecer apenas em pacientes que já tenham problemas de saúde.

O contágio acontece por meio do contato pessoal com secreções respiratórias, lesões de pele de pessoas infectadas ou por objetos recentemente contaminados. Úlceras, lesões ou feridas na boca também podem ser infectantes, o que significa que o vírus pode se espalhar pela saliva. As pessoas que possuem contato íntimo, membros da família e parceiros sexuais, correm maior risco de infecção, assim como profissionais de saúde.

A prevenção da doença pode ser feita por meio de uma boa higienização das mãos e evitando contato com pessoas contaminadas.

Fonte: Prefeitura de Bom Despacho


Robson Moraes

Robson Moraes Almeida, Farmacêutico, Bioquimico, Retratista e Editor do Lagoa da Prata Ponto Com

Escreva um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Copias desativadas.