A Baba do Rio São Francisco voltou em 2022


“Algumas emissões de poluentes (principalmente esgoto) incrementam dosagens de matéria orgânica e nitrogênio à água que, nessa época estão mais claras e menos volumosas e menos turbulentas, permitindo o crescimento de colônias de algas que formam aquele lodo!

A água mais clara permite que a luminosidade penetre mais profundamente favorecendo a proliferação das colônias dessas algas e outros microorganismos que se alimentam delas e assim favorece a cadeia alimentar! Mas esses poluentes são base para o aumento dessas colônias.

Ações de fiscalização devem ser realizadas desde a nascente do rio. Esgoto ou efluentes industriais podem causar esta situação.

A uréia presente na urina é um grande nutriente para o crescimento de colônias de algas, aliada à matéria orgânica, águas mais claras, menos turbulentas, é o meio de cultura perfeito”


Robson Moraes

Robson Moraes Almeida, Farmacêutico, Bioquimico, Retratista e Editor do Lagoa da Prata Ponto Com

Escreva um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Copias desativadas.