Duvidas das redes sociais – Corona vírus – Parte 1

Com a divulgação dos primeiros casos suspeitos e posteriormente com a divulgação dos primeiros casos positivos, começamos a observar um certo padrão nas dúvidas dos internautas.

Escolhemos 4 para responder.

1 – O primeiro caso confirmado teve essa resposta antes dos outros todos porque foi exame particular?

R –1: Independente deste exame ser particular ou pelo SUS, o fato dele ter entrado na rotina do laboratório antes do aumento exagerado da demanda, fez com que ele estivesse nas primeiras posições da fila e com isso o resultado foi liberado mais rápido dentro do prazo inicial. Acredito que os próximos exames que entrarem na fila devem automaticamente e crescentemente aumentarem o prazo de entrega. Quanto mais demanda mais deve demorar. A possibilidade de que os kits para exames possam ficar escaços pode também ser uma possibilidade. E os resultados só poderão ficar prontos quando kits novos chegarem.

2 – Quanto custa cada exame!?

R –2: Cada laboratório determina seus custos, mas pelo que tenho visto em contato com outros colegas de laboratório, custa de 300 a 450 reais. Podendo até encontrar raramente mais barato e raramente mais caro.

3 – Os exames dos demais primeiros suspeitos não poderiam ser custeados por empresários locais?

R –3: Os exames são enviados para laboratórios oficiais do governo e não são cobrado taxas para a sua realização. A demora vai acontecer e aumentar devido a grande demanda. Os exames particulares também tem uma demora media de 7 dias podendo também aumentar o prazo de entrega com a grande demanda.

4 – Não é importante conhecer rapidamente os quadros reais a fim de monitorar eventual circulação do vírus de forma – ainda que mais ou menos – controlada (caminhos do vírus, grupos de risco…)???

R –4: Sim, mas a situação a medida que evolui, não tem colaborado com a rapidez dos resultados e sim com a demora. O ideal é o que é recomendado que se fique em casa.

Respostas dadas por Robson Moraes Almeida
Farmacêutico Bioquímico – CRF-MG: 10.291

Robson Moraes

Robson Moraes Almeida, Farmacêutico, Bioquimico, Retratista e Editor do Lagoa da Prata Ponto Com

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *