Adinda Completa 100 anos

Adinda Regina Hendrika M. V. Denbruele

Quem recebeu o dom de seguir mais de perto a Jesus, deve amar com o coração indiviso; dedicar-Lhe a vida toda e não apenas alguns gestos, alguns momentos ou algumas atividades.

Para o Senhor não existem fronteiras.

Adinda Regina Hendrika van den Bruele nasceu na Alemanha, em 16 de agosto de 1919. Seus pais eram belgas e eram fugitivos políticos, na época, por causa da questão entre Flamenguistas e Walônios na Bélgica.

Portanto, Adinda é belga, nascida na Alemanha, mas sempre morou na Holanda, onde a família, mais tarde, viveu.

Veio para o Brasil no final dos anos cinquenta do século passado. Trabalhou em serviços sociais na cidade de João Monlevade, Diocese de Itabira-Cel. Fabriciano.

Chegou em Lagoa da Prata no ano de 1985, junto com Maria José e Alberta.

Deus chama quem quer e quando quer. A nós, cabe deixar que Sua voz nos conduza. Somos chamados, antes de tudo, a ser homens e mulheres de Deus. Em tudo o que realizamos levamos traços do que somos: gratuidade, entrega, amor e serviço, dedicação à Igreja de Jesus Cristo e à sociedade.

Conheci a Adinda através de Dona Teresa, quando foi-lhe pedido que fizesse uma tradução. A partir daí, me espelhei muito em Adinda que, quando Dona Teresa ficou dependente de ajuda por causa da idade avançada, Adinda cuidou dela com muito carinho e alegria. Esta dedicação de Adinda retribuiu um pouco do muito que Dona Teresa fez pelos mais pobres de Lagoa da Prata. Veio auxiliar Dona Tereza, sobretudo na doença e na velhice.

Resumindo, Adinda foi um presente para nós que com ela convivemos.

Hoje, Adinda se encontra com a saúde muito debilitada, completando seus 100 anos de existência toda dedicada a Deus e ao próximo.

Zélia Silva e Membros do I. S. Unitas

Robson Moraes

Robson Moraes Almeida, Farmacêutico, Bioquimico, Retratista e Editor do Lagoa da Prata Ponto Com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *