Casos de dengue aumentam na região

Informações que circulam pelas redes sociais dão conta que a Cidade de Arcos está com muitos casos de dengue e suspeitas de dengue. Várias mortes estão sob investigação epidemiológica. Todo cuidado é pouco. E pedimos a todos que deem uma olhada dentro de seu domicilio habitado e no seu quintal. 80 % dos focos de dengue estão dentro das casas. Evitem jogar lixo nos lotes vagos pois isso colabora com os outros 20 % dos focos de dengue! Vamos combater a dengue. Ela causa prejuízos financeiros enormes e podem causar mortes também, Em Arcos segundo informações são investigadas 12 mortes. Vamos ficar atentos! Combater a dengue é todo dia!

Atualização da Noticia:
Segundo a Prefeitura de Arcos, não são 12 investigações epidemiológicas de morte e sim 5, sendo que duas mortes por dengue hemorrágica já foram confirmadas. Mesmo assim, um numero muito expressivo

Continua valendo o alerta!

Pedimos por favor que compartilhem esta mensagem!


NOTA SOBRE MENSAGEM INFORMANDO ESTADO DE “CALAMIDADE”

A Administração Municipal informa que esta circulando uma mensagem em redes sociais sobre um decreto de estado de calamidade em Arcos, dizendo que já seriam registradas 12 mortes por causa da dengue no município.
Sobre esta mensagem, acreditamos que seu autor não seja o profissional citado, possivelmente, seja um Fake. Porém, o que é importante dizer que realmente em dezembro, foi decretado “estado de emergência” e um plano de ação foi elaborado para combate ao mosquito.

O Governo de Arcos vem alertando a população dos riscos de epidemia desde setembro, quando saiu o resultado do Liraa, o qual apontou que 93% dos focos estão dentro das casas. No final de dezembro, na região central e oeste da cidade, a aplicação de UBV (Ultra Baixa Volume) Veicular e Costal (Fumacê) para eliminar o mosquito adulto infectado. Este procedimento complementar está alinhado a outras ações de eliminação de criadouros.

Uma força-tarefa do Governo de Arcos teve início na última semana. Entre as ações estão: limpeza de lotes da prefeitura; um grupo foi montado para multar lotes sujos de propriedade particular. Foi criada uma ala especial no segundo andar do Hospital Municipal São José com contratação de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e atendentes. Além disso, estamos com auxílio voluntário de um drone para detectar lotes sujos e focos.

Tem início nesta terça-feira (8), um mutirão de limpeza, que vai reunir cerca de 80 pessoas, em todas as regiões e bairros da cidade, inclusive foram convidadas entidades de serviços, religiosas e empresas para participar. (Cronograma abaixo)
Uma ação judicial para permitir que os agentes entrem nas casas, onde o morador tem resistência, ou que esteja fechada, também será ajuizada no fórum.

Sobre as mortes suspeitas de complicações com a dengue, são cinco casos suspeitos, que ainda seguem em investigação pela Secretaria Estadual de Saúde, através da Funed. Além disso, o número de casos notificados cresce rapidamente, e já passa tranquilamente dos 400 casos. Além do mais, sabe se que muitas pessoas não procuram o serviço público de saúde, portanto este número pode ser ainda maior.

O prefeito de Arcos Denílson Teixeira, foi na manhã desta terça-feira (08), até Gerência Regional de Saúde em Divinópolis, em busca de apoio, com pessoal e com suporte técnico para enfrentar a epidemia, pois segundo o Prefeito a situação é “gravíssima”.
“Fomos até Gerência Regional de Saúde, buscar ajuda e voltamos com a promessa que eles vão nos ajudar, seja com apóio técnico e ou de equipamentos. Mas todo trabalho será em vão se a população não ajudar. É importante ressaltar que 93% dos focos estão nas casas e que a participação da população no cuidado diário da sua casa é essencial. Vamos todos nos unir contra a dengue”. Finaliza.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PREFEITURA DE ARCOS

Robson Moraes

Robson Moraes Almeida, Farmacêutico, Bioquimico, Retratista e Editor do Lagoa da Prata Ponto Com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *