Henrique Ferreira lança Tributo a Belchior

Henrique Ferreira lança tributo a Belchior

Henrique Ferreira, Músico Intérprete Cantor/Instrumentista, com participações em festivais na década de 80 e em diversos eventos musicais ao longo de uma carreira influenciada por grandes nomes da música brasileira dos anos 70 e 80. O mais recente projeto de trabalho consiste em um álbum acústico, voz e violão, no qual são interpretadas canções de sucesso do cantor e compositor Belchior.

As músicas de Belchior sempre fizeram parte do repertório das apresentações e, em fevereiro de 2018, iniciaram-se, no estúdio Usina da Música em Lagoa da Prata, as gravações de dez obras do poeta, entre elas Tudo outra vez, que compõe o título do álbum TRIBUTO A BELCHIOR. A ideia do projeto surgiu em 2016, mas o trabalho de escolha das músicas e a definição dos arranjos, executados apenas no violão (acústico), por Patrício Gontijo, foi concluído no início desse ano.

As gravações foram realizadas em Lagoa da Prata, na Usina da Música, sob direção de Fabrício e Patrício Gontijo.

O trabalho de criação de arte da capa foi realizado por Thalita Resende e Thaís Resende, e o tratamento das imagens, criação do rótulo, Logo e demais ajustes, pelo Designer Gráfico Fábio Alessandro, de Manaus/AM. Os serviços de impressão da embalagem (capa) e prensagem da mídia foram realizados pela Digital Máster, de Belo Horizonte/MG.

O lançamento do referido trabalho acontecerá no dia 1º dezembro desse ano, durante o evento da ACE/CDL – 100 Melhores Empresas e Profissionais do Ano.

SOBRE BELCHIOR

“Como cantor, um estilo único, inconfundível. Como compositor, um poeta atemporal com imensa força intelectual. Suas obras, eternizadas na memória, continuam sensibilizando pessoas que apreciam um som diferente daquele promovido com mero objetivo mercadológico.” (Henrique Ferreira)

“Belchior foi um artista enigmático, mas também revelou sentimentos que embalaram gerações. Compôs letras que retratam o amor, as angústias da juventude, a saudade de casa, a dureza das cidades e o medo de avião, mas também soube refletir sobre política e sociedade em uma produção de mais de 20 discos.” (G1 – https://g1.globo.com )

O poeta faleceu em 30 de abril de 2017 , aos 70 anos, na cidade de Santa Cruz do Sul (RS). A causa da morte foi um aneurisma da aorta , a principal artéria do corpo humano. (Fonte Wikipédia – disponível em https://pt.wikipedia.org/wiki/Belchior )

Obras gravadas:

1- A PALO SECO (Antônio Carlos Belchior)​
2- COMENTÁRIOS A RESPEITO DE JOHN​​ (Antônio Carlos Belchior e José Luiz de F. Penna)
3- VELHA ROUPA COLORIDA​​ (Antônio Carlos Belchior)​
​4- COMO NOSSOS PAIS​ (Antônio Carlos Belchior)​
5- DIVINA COMÉDIA HUMANA​(Antônio Carlos Belchior)​
6- APENAS UM RAPAZ LATINO-AMERICANO​​ (Antônio Carlos Belchior)​
7- PARALELAS​ ​​(Antônio Carlos Belchior)
8- TUDO OUTRA VEZ ​(Antônio Carlos Belchior)
9- TODO SUJO DE BATOM​ ​(Antônio Carlos Belchior)​​
10- MEDO DE AVIÃO​ ​(Antônio Carlos Belchior)​

Henrique de Carvalho Ferreira
Músico Intérprete/Cantor

Lagoa da Prata/MG
Contato: (37) 9 8414-4691 / (37) 9 9961-0720

Robson Moraes

Robson Moraes Almeida, Farmacêutico, Bioquimico, Retratista e Editor do Lagoa da Prata Ponto Com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *