A Fake News sobre Menina de Lagoa da Prata e seus estragos

Temos insistentemente alertado a todos referente as consequências trágicas que as fake news provocam nas pessoas. Em época de política então, a maioria das publicações quando não são mentirosas são pelo menos tendenciosas.

Uma noticia verdadeira pouco atrai a atenção das pessoas. Mas uma noticia falsa… Ah, uma noticia falsa atinge muito mais que o esperado.

Recentemente, uma publicação feita pela pagina do facebook Lagoa da Prata Mil Grau (sic) causou um alvoroço na cidade. Segue abaixo e na integra o conteúdo da publicação:

ALUNA de Lagoa da Prata É CAMPEÃ MUNDIAL!

É com muito prazer e alegria que noticiamos a vitória da Lagopratense Milena Cristina Califa, que representou o Brasil na olimpíada Mundial de física realizada na França. Milena ficou em 1º Lugar, em disputa com 75 países.

Como não é futebol, ninguém noticiou. Fica ai os nossos PARABÉNS!’

(sic)

 

Print Enviado pelos Administradores da Pagina do Facebook Lagoa da Prata Mil Grau

Na publicação vem acompanhada uma foto de uma singela adolescente dando alusão a uma jovem lagopratense que teria ganhado uma olimpíada Mundial de Física na França, porem a foto é da Artista Milena Cristina Califa que atua fazendo filmes eróticos. Segundo apuramos, esta publicação com variações de nomes de cidades diferentes tem se espalhado por todo Brasil.

Nós do Lagoa da Prata Ponto Com, já a 14 anos na internet nunca conseguimos esta façanha de atingir 1000 compartilhamentos. Entramos em contato com os administradores da pagina pela imbox da Pagina e eles nos responderam apenas com a seguinte resposta:

Bom dia Robson Moraes, o nosso objetivo é mostrar o estrago das fake news no nosso dia dia. Com um pouco de humor claro. Somos uma pagina de humor mas as pessoas que administram são pessoas sérias da sociedade. Caso tenha alguma ideia bacana que possa surtir efeito pedagógico ou boas risadas, por favor, nos envie. Obrigado pelo contato!” (sic)

A publicação atingiu a mais de 1100 compartilhamentos que gerou segundo os administradores da pagina um fluxo de mais de 190.000 views.

Ressaltamos que uma fake news pode tanto destruir como pode promover determinada pessoa, empresa, político etc. Portanto devemos ter muito cuidado.

Nós do Lagoa da Prata Ponto Com não temos a pressa em publicar noticias em nossa pagina. Temos sempre um costume apurar todas as noticias para não passarmos vergonha.

Você não deve acreditar em tudo que lê nas redes sociais… Vai com calma que ter este discernimento não se adquire de um dia para o outro.

Como reconhecer um boato virtual

Tom alarmista
Os boatos infundados têm sempre tom alarmista, repleto de termos como “cuidado”, “alerta”, “atenção”… Em muitos casos, as palavras-chave vêm em caixa alta (maiúsculas), logo no início da mensagem.

Sem referência a tempo
Outra característica comum é a falta de referência temporal clara. Usa-se “esta semana”, “amanhã”, “na sexta-feira” e afins, mas nunca dia, mês e ano específicos.

Mas e os envolvidos?
A imprecisão repete-se nos quesitos local do fato e envolvidos. Na maior parte das vezes, surgem apenas dados genéricos, sem especificar, por exemplo, um nome de rua ou de pessoas ligadas à situação em questão.

Português errado
Também é frequente que os textos contenham erros de português. Reparou em concordâncias mal feitas ou grafias incorretas? Desconfie.

Falta de fontes
Por fim, a característica mais marcante: a falta de fontes confiáveis, ou de links que sustentem uma fonte citada equivocadamente. “Checagem é algo básico, e uma busca rápida já ajuda a matar a charada”.

E todos tem “compartilhe com o maior numero de pessoas, familiares e amigos em todos os grupos” e outras variações induzindo o compartilhamento!

Teve dificuldade em entender o que está escrito acima?
Se tem pedido para compartilhar o texto, tem 99% de possibilidade de ser boato.
Se pediu para compartilhar o texto com a família, tem 100% de possibilidade de ser boato.
Se tem o texto “Não custa nada compartilhar” tem 200 % de possibilidade de ser boato.

Como um  boato (mentira) se espalha:
”Eu só queria ajudar!”
”Isso não prejudica ninguém!”
”Mas não custa nada compartilhar!”
”Peguei de outro grupo!”
”Vai que é verdade!”
”Achei importante esta informação”
”Eu não sabia que isso era verdade!”
”Só compartilhei!”
”Repassa, não custa nada!”
”Eu fiz a minha parte!”
”Me pediram para compartilhar!”
”Compartilhei de um amigo de confiança!”
“Não tive tempo de conferir se é verdade, só repassei!”

”O Brasil inteiro precisa saber disso!”

Estes são os 4 tipos de usuários do facebook e whatsapp referente ao item “Boato”:
1 – Inteligente: Não compartilha boato e percebe logo uma farsa;

2 – Inocente: Compartilha boato;
3 – Idiota: Compartilha boato e acredita;

4 – Inconsequente: Compartilha boato, acredita e briga por causa de boato.

O doente é quem cria um boato, quem compartilha é somente uma vítima!

 

Boatos e mentiras do whatssap e facebook:

– Doação de sangue AB para Elisa Milena.

– Empregos oferecidos pela Odebrech.

– Carro roubado com bebê dentro.

– Doação de 500 cadeiras de rodas.

– Transmissão de vírus HIV por teste de glicose.

– Vendedores de colchões que roubam residências.

– Lei de gratuidade de estacionamento nos shoppings.

– Doação de leite Nan pelo Hospital Universitário.

– Fim das mensagens gratuitas no whatsapp.

– Senha bancária invertida aciona a polícia.

– Batons com chumbo que causam câncer.

– Chaveiros dados em postos de gasolina com rastreadores.

– Explosão de celular carregando no rosto de um rapaz.

– Coca-Cola, Fanta, skol, dolly, guaraná kuat, etc, causarem câncer e doença nos rins.

– Novos valores das multas “a partir de hoje” para motoristas infratores.

– Motorista internado  que perdeu a memória.

– Fraude no sorteio dos números da mega sena.

– Paracetamol com vírus “machupo”.

– Fábrica clandestina da coca-cola.

– Feijão com bactéria ou superbactéria.

– Safra de arroz contaminada por vírus e bactérias.

– Mulheres que fazem pesquisa e dão lanternas com rastreadores.

– Banição do whasapp no Brasil.

– Fim do décimo terceiro salário.

– Papinhas de banana com vidro.

– 22 missionários que serão executados pelo Talibã “amanhã”.

– Blitz rígida de policia até atingir 16 mil veículos apreendidos.
– Inseto que causa fungo nos pés.

– etc

 

Não levem a mal mas as redes sociais são idiotizantes, a necessidade que as pessoas tem de “ajudar” os outros somente compartilhando coisas é enorme! 90 % do que se compartilha é compartilhado sem conferir a veracidade. A pessoa passa vergonha, pois cresce a quantidade de pessoas que já começam a perceber estas farsas e já ficam quietas só observando. Chega num ponto que o que pensam os outros participantes do grupo, mesmo que em silencio, começa a incomodar as vitimas dos boatos. Vamos com calma. Vamos evitar de passar vergonha! Muitas fake news são enviada para nossa redação… e eu as vezes tenho que dar má resposta! A vida segue!

Da Redação
Robson Moraes

 

Robson Moraes

Robson Moraes Almeida, Farmacêutico, Bioquimico, Retratista e Editor do Lagoa da Prata Ponto Com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *