Operação ”Incauto” combate criminalidade em Luz e Lagoa

Operação ”Incauto” busca combater criminalidade em Luz e Lagoa da Prata

A Polícia Civil realizou na manhã desta sexta-feira (21) a Operação “Incauto”, abrangendo as cidades de Luz e Lagoa da Prata. Com o objetivo de combater a criminalidade na região, principalmente o tráfico de drogas, foram presas 15 pessoas e apreendidos seis adolescentes. A ação foi realizada em conjunto com o Ministério Público (MP) e contou com o apoio da Polícia Militar (PM). O nome “Incauto” deve-se ao fato dos suspeitos praticarem crimes à luz do dia, sem qualquer cautela.

De acordo com o delegado responsável, Vinícius Machado, a operação já tem duração de três meses. Desde então, 24 pessoas já foram detidas. Dois revólveres calibres 32 e 38 e cerca de 3 kg de drogas também foram apreendidos. Ainda segundo o delegado Vinícius Machado, o número de roubos e furtos têm aumentado nas duas cidades. O motivo para o aumento, segundo o delegado, estaria relacionado ao tráfico de drogas. “O tráfico é o responsável por movimentar outros crimes. O nosso objetivo é ir até a fonte destes crimes, pois assim iremos reduzir os outros delitos”, explicou.

Segundo Vinícius, a maior parte dos suspeitos já têm passagens por tráfico. “Todos continuam com prisões decretadas e serão encaminhados para o presídio de Formiga. Já os menores vão ser encaminhados para uma unidade na cidade de Dores do Indaiá “, disse.

O delegado ainda atenta que novas operações serão realizadas nos próximos dias com o intuito de combater o tráfico. Além das prisões, os suspeitos também terão decretada a perda dos bens. “O nosso objetivo é fazer a apreensão qualificada, que é quando conseguimos combater outros crimes ao redor do tráfico de drogas. Ou seja, bloqueamos os bens e tiramos os criminosos da sociedade”, afirmou.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil de Minas Gerais, a operação contou com o apoio do 7º Departamento de Polícia Civil de Divinópolis e da Delegacia Regional de Bom Despacho, envolvendo 120 policiais, entre civis e militares. Outras informações serão divulgadas em coletiva na tarde desta sexta-feira (21).

Fonte G1

Robson Moraes

Robson Moraes Almeida, Farmacêutico, Bioquimico, Retratista e Editor do Lagoa da Prata Ponto Com

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *