Já contamos mentira no dia Primeiro de Abril

Em 2009 contamos uma mentira no nosso site www.lagoadaprata.com que mereceu atenção de vários periódicos no exterior e no Brasil. Na época apagamos a publicação.
Segue o texto: Será que tudo isso foi realmente mentira?

Descoberto diamantes vermelhos em Lagoa da Prata

Os diamantes vermelhos são pedras preciosas raras. Encontrados apenas em 3 lugares do mundo. Na Noruega, na ilha de Spitsbergen (minério desativado), no Brasil em dois lugares: Pará de Minas/MG e agora em Lagoa da Prata/MG.

A descoberta foi feita pelo estudante de geologia Carlos Mendes Custódio que passou o carnaval em 2009 em Lagoa da Prata. Ele descobriu por acaso. Na casa que ele se hospedou, encontrou estes diamantes no quintal, Depois de muito trabalho de pesquisa, descobriu que foi feito um aterro na construção da casa. Desde então, dedicou-se a descobrir os pedreiros que trabalharam na obra em 1968. Muitos deles não moram em Lagoa da Prata, alguns já até faleceram, mas por sorte, encontrou José Carlos Silva, hoje morando num asilo em Divinópolis.

Foi um trabalho difícil para identificar de onde veio o aterramento. Hoje uma mineradora do Tocantins comprou o local que fica próximo a Cidade. O mineração já começou manualmente sem uma destruição visível do ambiente que já rendeu muito dinheiro para a família de Carlos Mendes Custódio. Eles pretendem ajudar algumas entidades de Lagoa da Prata, principalmente os asilos, pois teve que conviver muito no asilo de Divinópolis onde percebeu algumas dificuldades.

Segundo José Carlos Silva, muitas casas de Lagoa da Prata foram aterradas com a terra do mesmo local, sendo que provavelmente muitas pessoas estão ricas e não sabem.

Robson Moraes

Robson Moraes Almeida, Farmacêutico, Bioquimico, Retratista e Editor do Lagoa da Prata Ponto Com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *