BR 262 terá 5 praças de pedágio ao preço de R$3,00

BR 262 terá 5 praças de pedágio ao preço de R$3,00

Os motoristas podem preparar os bolsos. Em meados de 2015, eles já devem pagar pedágio para trafegar em trechos das BRs 262, 153 e 060, que ligam a região central de Minas, partindo de Betim, a Brasília, passando pelo Triângulo Mineiro. A cobrança deve começar em agosto do ano que vem, se a Concessionária das Rodovias Centrais do Brasil (Concebra) conseguir atender às exigências da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT),  O preço estimado é de R$3,00.

A concessionária vai duplicar 647,8 km de rodovias em Minas Gerais, contemplando trechos da BR – 153/MG (do entroncamento com a BR–365/MG –Trevão, até a divisa entre Minas Gerais e São Paulo e BR–262/MG (do entroncamento com a BR-153, em Frutal, até Nova Serrana), em um prazo de cinco anos.

Para iniciar a cobrança, tem que entregar, no mínimo, 10% dos 647,8 km previstos para serem duplicados. O trecho de cerca de 65 km entre Uberaba e Campo Florido, no Triângulo, foi o escolhido para iniciar a duplicação. No local, estão trabalhando entre 350 e 400 pessoas. As intervenções começaram no último dia 3 de maio e devem terminar no início do segundo semestre de 2015.

Pedágios

Em Minas, no sentido Betim, em Florestal, pouco antes de Pará de Minas, está previsto o primeiro pedágio. No total, serão onze praças de pedágio, sendo sete no Estado, separadas uma da outra por cerca de 100 quilômetros. Na BR–153, ficarão localizadas duas praças: em Prata (Km 127) e Fronteira (Km 227). E na BR–262, além de Florestal (Km 389), estão previstas pedágios em Luz (Km 512), Campos Altos (Km 600), Sacramento (Km 736) e Campo Florido (Km 863).

Robson Moraes

Robson Moraes Almeida, Farmacêutico, Bioquimico, Retratista e Editor do Lagoa da Prata Ponto Com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest