Fogo na turfa

Conforme capa do Jornal OPapel de 11 de Agosto de 2000.
Incêndio em pastagem resulta em queimada de mais de 10 dias.
“Fumaça sobre a cidade era fogo debaixo da terra”.

A cidade de Lagoa da Prata conta com uma curiosidade interessante, a turfa. Uma espécie de terra que pega fogo, rica em matéria orgânica. A turfa se forma com o acumulo através dos anos de matéria orgânica que se deposita em áreas baixas trazidas pela enxurrada das chuvas.

O incêndio começou dia 30 de julho de 2000 e somente 10 dias depois com a chegada do corpo de bombeiros de Divinópolis que se começou a tentar controla-lo eficazmente, pois as tentativas anteriores não surtiram efeito. Vários tratores tiveram que revirar a terra para apagar o incêndio.

Na ocasião o movimento de pacientes no pronto socorro devido a doenças respiratórias aumentou.

Situação parecida também tinha ocorrido a 20 anos atrás conforme relatou o Engenheiro Carlos Brasil Guadalupe. A cidade ficou toda enfumaçada parecendo um polo industrial de Cubatão no auge da poluição daquela região.


Fonte: Jornal OPapel
O texto foi modificado.


Robson Moraes

Robson Moraes Almeida, Farmacêutico, Bioquimico, Retratista e Editor do Lagoa da Prata Ponto Com

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *