Hélio José Silva, Lutier e Músico

Hélio José Silva, Lutier e Músico.

Hélio Silva, casado, pai de duas filhas, nasceu em Santo Antônio do Monte em 1944, residente em Lagoa da Prata e está aposentado desde 2000.

As mãos habilidosas de Hélio José Silva já construíram vários instrumentos musicais de corda. O primeiro foi uma viola em 1965. Esta viola foi bem tradicional.

Recentemente Helio voltou a fabricar violas e inusitadamente, construiu violas de bambu (2003), palito de picolé (2007), de cabaça (2007) de Coité (2008-2009). Coité é uma espécie de coco, de forma redonda, usando na época da escravidão como utensílio doméstico, um tipo de copo natural para tomar líquidos.

Todos os instrumentos fabricados por Helio José Silva, tem som perfeito e podem ser utilizados como qualquer outro instrumento musical acompanhando qualquer outro instrumento. Aproveitando todas ferramentas que tem, faz reparos e restauração em intrumentos de corda para toda região. Hélio Silva também é músico e já gravou 3 cds. Viola e o Canário (2003), Viola Amiga (2005) e Canta Viola (2008).

Hélio Silva confidenciou que já tem novos projetos para uma viola de palhinha e uma outra de acrílico. Vamos aguardar!

Luthiers

A luthieria é uma manifestação artística que engloba a construção e restauração, de um modo artesanal, de instrumentos de corda com caixa de ressonância, tal como a violino, viola, violoncelo, contrabaixo etc, mas não daqueles dotados de teclado.

A forma mais comum de denominar os que exercem esta profissão é de liutaio, luthier, luteiro ou lutiê. Por generalização, o termo é utilizado para os construtores de qualquer tipo de instrumento, seja de corda, arco, sopro ou percussão. Refere-se a quem faz instrumentos e peças de instrumentos, cuida da parte elétrica e acústica e também da regulagem de um instrumento, por exemplo, a guitarra, fazendo os ajustes da inclinação do braço e regulagem da ponte e captadores.

Tais palavras tiveram origem na construção do alaúde, que em italiano se chama liuto, portanto, liutaio significa quem faz alaúdes. Segundo Antonio Houaiss, o termo chegou à lingua portuguesa por meio da palavra francesa luthier (fabricante de instrumentos de corda), derivada da palavra luth (alaúde) mais o sufixo ier.

A melhor referência que se pode dar de liutaio é Antônio Stradivari, ou Stradivarius, como era conhecido. (Fonte: Wikipedia)

Robson Moraes

Robson Moraes Almeida, Farmacêutico, Bioquimico, Retratista e Editor do Lagoa da Prata Ponto Com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *